sexta-feira, 23 de setembro de 2016

OSC GABRIEL lança a 18ª Campanha Nacional de Doação de Órgãos


A OSC GABRIEL lança no próximo dia 27 de setembro, DIA NACIONAL DO DOADOR a décima oitava edição da Campanha Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos. No dia 24 de setembro acontecerá ainda uma ação de sensibilização e conscientização no Polo Shopping, das 10 às 20h.
Embarcando na ideia de que o Brasil é um dos campeões em reciclagem de latas e outros materiais, a OSC GABRIEL quer lembrar à população que a vida é um bem maior e que também pode ser reciclado por meio da doação de órgãos e tecidos. Por isso, o tema escolhido pela organização para ser abordado neste ano é “Doe órgãos. Recicle Vidas” e pretende levar à reflexão de que a vida também pode e deve ser reciclada.
Infelizmente, o país está longe de ser campeão quando o assunto é doação. Entre as diversos problemas enfrentados pelos milhares de brasileiros que estão na fila de transplante neste momento, encontra-se ainda a recusa familiar.
Outro fator que também tem que ser observado é a falta de envolvimento maciço da sociedade e da falta de políticas públicas com a causa. A soma de todos esses fatorestem gerado o desequilíbrio que se encontra hoje o processo DOAÇÃO X TRANSPLANTES.
Enquanto foram realizados cerca de 5.600 transplantes no ano de 2015, cerca de 32.000 pessoas estavam na fila de espera por transplante no mesmo período era, ou seja, somente pouco mais 15% conseguiu realizar o procedimento.
Pensando nisso a OSC GABRIEL tem buscado parceria junto ao Ministério da Saúde e Secretaria de Estado de Saúde do Governo do Estado de São Paulo levando essa preocupação e apresentando sugestões para melhoria do quadro. Os primeiros resultados disso serão apresentados durante a cerimônia de abertura, incluindo os números de pessoas em fila de transplante do município.
Repetindo os anos anterior, diversos pontos da cidade estarão iluminados de verde, cor-símbolo da causa da doação de órgãos.
A OSC GABRIEL atua há 16 anos no incentivo à doação de órgãos e tecidos no país e tem se despontado nessa área como uma das principais fontes de informação sobre o tema, o que proporcionou diversas parcerias no ano de 2016, dentre elas duas campanhas publicitárias pro-bono de duas grandes agências do país e que serão apresentadas no dia 27 de setembro. Além disso acaba de ter renovado pela terceira vez o selo “Organização Parceira do Transplante” pelo Ministério da Saúde pelo reconhecimento da importância do trabalho para melhoria do processo de Doação/Transplante no país.

A cerimônia do dia 27/9 terá início às 19 horas e terá a seguinte programação:

19h - Abertura e Recepção

19h30 - Palestra de abertura com apresentação dos dados nacionais e locais, apresentação de vídeo e material de divulgação para o ano

20h - Palestra com Dra. Katia Aparecida Brito Eide – Hematologista do Hospital Boldrini com participação dos convidados para perguntas

20h40 - Apresentação do grupo cultural da ACENBI – Associação Cultural Esportiva Nipo-Brasileira de Indaiatuba iniciando a homenagem às famílias doadoras de órgãos e entrega de Certidões de Renascimento para transplantados presentes na cerimônia

21h – Encerramento

São parceiros da ação, Polo Shopping Indaiatuba, Drogasil, Unimed Campinas, Novartis Biociências, Rotary Club Indaiatuba, Laktus Café.

SERVIÇO:

24/9 – Das 10 às 20h no Polo Shopping Indaiatuba – ação de sensibilização, aferição de pressão arterial e teste de glicemia, cadastro de doadores de sangue do projeto SANGUE CIDADÃO em parceria com o Rotary Club Indaiatuba;

27/9 – Início 19h - Dia Nacional do Doador – Câmara Municipal Indaiatuba - Rua Humaitá, 1167

apoio:


quinta-feira, 17 de março de 2016

Aliança pela Vida! Uma rede solidária pela doação de órgãos e tecidos no país

Legenda foto: Da esquerda para a direita; Wilson e Rita Roesener do Rotary Club de Avaré - Jurumirim; Sras. Valeska Gameira, Fernanda Bordalo e Taciana Ribeiro do SNT- MS; Maria Inês de Carvalho da OSC GABRIEL e Sr. Renato Incau do movimento Doe Órgãos Salve Vidas

No último dia 04 de março, representantes da OSC GABRIEL, e Rotary Club Avaré Jurumirim por meio do movimento Salve Vida Doe Órgãos estiveram em Brasilia-DF para apresentação do projeto ALIANÇA PELA VIDA ao SNT – Sistema Nacional de Transplantes do Ministério da Saúde.
As duas organizações são detentoras do selo “Organização parceira do transplante” concedido pelo Ministério da Saúde no ano de 2010.
Estavam presentes na reunião as Sras. Valeska Gameira, Taciana Ribeiro e Fernanda Bordalo do SNT – Sistema Nacional de Transplantes do Ministério da Saúde, o casal Rita e Wilson Roesener do Rotary Club de Avaré-Jurumirim, os srs. Renato Incau e Nelson Incau do movimento Salve Vida Doe Órgãos e o casal Maria Inês e Valdir de Carvalho da OSC GABRIEL
O projeto tem por objetivo criar aliança formada por organizações do terceiro setor, apoiada pela ABTO – Associação Brasileira de Transplante de Órgãos e Ministério da Saúde, capaz de fortalecer a causa e melhorar o número de doações de órgãos e tecidos no país.
Milhares de pessoas aguardam todos os anos por um transplante de órgãos ou tecidos. Dois terços da fila não irão conseguir realizar o transplante por falta de doadores.
Enquanto o país possui um dos melhores sistemas públicos de transplantes do mundo, estamos aquém quando o assunto é doação. Entre os motivos, destaca-se a falta de conhecimento da população sobre o processo de doação/transplante e a inexistência de políticas públicas eficazes direcionadas à captação.
Os diretores da OSC GABRIEL, Maria Inês Toledo de Azevedo Carvalho e Valdir de Carvalho, idealizadores da aliança, acreditam que somente por meio do envolvimento da sociedade civil organizada é possível melhorar essa situação. A ideia é contribuir para o equilíbrio da relação Doação/Transplante, aproveitando a expertise de cada organização envolvida na formação da aliança para construir um plano de ação a favor da causa.
Outro aspecto importante é a falta de envolvimento dos municípios nessa relação, pois os pacientes em fila de espera são relacionados aos Estados a que pertencem ou estão inscritos. Isso tira do paciente a sua identidade local, fazendo com que o município, por desconhecimento, não contribua no processo de captação.
Esses são alguns dos muitos pontos levantados durante a reunião e que fazem parte das discussões que foram iniciadas nesse dia. O intuito é unir esforços para melhorar a situação de milhares de vidas que esperam pela oportunidade de realizar um transplante. Trata-se efetivamente de uma aliança em prol da vida.
Várias organizações também deram sua contribuição enviando sugestões para o projeto, como a ADOTE – Aliança pela Doação de Órgãos e Tecidos e Pró-Medula, ambas do Rio de Janeiro, Grupo de Doação de Sangue e Medula de Itatiba-SP, entre outras.
A Aliança está aberta para a adesão de mais organizações e movimentos que querem contribuir para a melhoria do processo de Doação/Transplantes de órgãos e tecidos no Brasil.

Mais informações: 55 19 3801-2047 

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Campanha especial para doação de sangue acontece no sábado de Carnaval


Instituições da cidade se unem para repor os baixos estoques de sangue na região
O projeto Sangue Cidadão, idealizado pelo ROTARY CLUB Indaiatuba e OSC GABRIEL, realizará no sábado de carnaval, dia 6 de fevereiro, uma campanha extraordinária para atender as urgências e emergência ocorridas durante o feriado prolongado. A ação é uma parceria das duas organizações e seus apoiadores com o Hemocentro da UNICAMP e o SESI Indaiatuba.
Segundo indicadores do Hemocentro da Unicamp, os estoques dos tipos O e A estão abaixo do necessário, chegando próximo ao nível crítico de desabastecimento. Portanto, é extremamente importante que a sociedade se mobilize para fazer sua parte, doando sangue durante o carnaval. Uma única doação pode atender 4 pessoas.
A cidade de Indaiatuba já realiza coletas mensais na cidade, o que ajuda muito ao Hemocentro da Unicamp. No entanto, ainda há uma demanda reprimida muito grande de pessoas que gostariam de doar e não o fazem por falta de tempo e oportunidade.
Pensando nisso e na necessidade de aumentar o número de bolsas disponíveis para atendimento das urgências e emergências dos hospitais regionais desse período, o Hemocentro da Unicamp junto com o SESI Indaiatuba, Rotary Club Indaiatuba e OSC GABRIEL por meio do Projeto SANGUE CIDADÃO, organizaram a coleta de sangue extraordinária no sábado de carnaval, na sede do SESI das 8h30 às 12h.
Segundo os organizadores, a campanha visa principalmente aproveitar a oportunidade para oferecer o serviço junto àquelas pessoas que estarão na cidade durante o feriado. Para isso recomendam observar os impedimentos temporários para a doação antes de se deslocar até o local da campanha. Segundo o Hemocentro da Unicamp, cerca de 30% dos candidatos à doação não conseguem efetivar a doação por inaptidão clínica, ou seja, por estarem utilizando algum tipo de medicamento, por doenças crônicas não controladas, comportamentos de risco ou ainda pequenos quadros febris motivados por gripes, vacinas e outros. É importante também observar não ter ingerido bebida alcoólica por isso é importante consultar a tabela de impedimentos em http://gabriel.org.br/orientacao.html ou ligar no 0800 722 8432 e tirar dúvidas antes de sair de casa.
Os organizadores do projeto SANGUE CIDADÃO alertam para isso, pois “esta campanha será direcionada para apenas 120 candidatos à doação. Isso quer dizer que apenas esse número receberá a senha para passar pela triagem e é onde pode acontecer a rejeição do candidato por estar incluído em algum desses itens mencionados na listagem. O que queremos é otimizar a doação, tentando utilizar ao máximo as bolsas de coletas disponíveis”, enfatizam os organizados da ação.
Além da coleta, voluntários estarão presentes para realizar o cadastro dos interessados em participar do projeto SANGUE CIDADÃO.
O projeto SANGUE CIDADÃO é uma iniciativa do Rotary Club de Indaiatuba e OSC GABRIEL com apoio da UNIMED Campinas, Polo Shopping Indaiatuba, Rotaract Club de Indaiatuba, Laboratório Dra. Edna Jaguaribe, CIESP, ACENBI, Projeto Base, e Token, que tem entre seus objetivos formar um Banco de dados de doadores voluntários para atender campanhas emergências de doação de sangue. Saiba mais em www.gabriel.org.br.

Serviço:
Data: 06/02/2016
Horário: 8h30 às 12h

Local: SESI Indaiatuba -  Av. Francisco de Paula Leite, 2701 - Jardim Califórnia, Telefone:(19) 3825-4650

sexta-feira, 14 de março de 2014

Campanha de Prevenção de Doenças Renais em Indaiatuba e Dia Mundial do Rim

O objetivo da Campanha é chamar atenção da população em geral sobre as questões relacionadas à Doença Renal Crônica.



A OSC GABRIEL estará promovendo no dia 15 de março ação em comemoração ao Dia Mundial do Rim que acontece sempre na segunda quinta feira do mês de março, dia 13.

Segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia, as doenças renais já são consideradas uma epidemia do século XXI. Estima-se que no Brasil 10 milhões de indivíduos tenham algum grau de Doença Renal Crônica. Em seus estágios avançados, ela está relacionada a aumento de internações hospitalares, mortalidade cardiovascular, grande impacto na qualidade de vida e elevado custo para a saúde pública.

A Doença Renal Crônica faz os rins pararem de funcionar e é silenciosa nos estágios iniciais. As pessoas com o maior grau de risco são as que têm pressão arterial alta, diabetes, sobrepeso, são sedentárias e tabagistas. Estas devem realizar exames regularmente.

A realização de exames como o de urina, rotineiramente e o de medição do nível de creatinina no sangue é importante para constatação da doença. Mudanças no estilo de vida como uma alimentação saudável, redução de sódio nos alimentos são medidas simples e importantes para evitar que o problema se desenvolva.

Outra opção de tratamento para a doença renal crônica avançada é o transplante renal, que está associado a menores taxas de mortalidade em longo prazo, melhor qualidade de vida e menores custos para a saúde pública. Na última década, o índice de transplante de rim teve aumento significativo no país, mas ainda não reduziu o número de pacientes em diálise, que dobrou no mesmo período. Mesmo com este aumentado significativo, 50% da fila de espera por um órgão ainda é representada pelos pacientes renais crônicos.

Programação:



Dia 15 de março Shopping Polo de Indaiatuba – 10 às 22h

Ação de saúde onde serão oferecidos diversos serviços gratuitos junto aos visitantes do Shopping como, teste de glicemia, aferição de pressão arterial, IMC – Índice de Massa Corpórea, pesquisa de hábitos alimentários e físicos, distribuição de folhetos sobre prevenção em saúde e confecção do cartão do doador do BOS. A ação ainda contará com o Cadastramento Virtual de Doadores de Sangue do projeto SANGUE CIDADÃO, parceria com Rotary Indaiatuba.




As pessoas que passarem pelo Shopping nesse dia ainda poderão ter acesso a massagem relaxante realizada por massoterapeutas deficientes visuais da ADVI – Associação de Deficientes Visuais de Indaiatuba.

São parceiros do evento, Drogasil, Novartis Biociência, Rotary Indaiatuba, Rotaract Indaiatuba, Interact Indaiatuba, FATEC Indaiatuba, Polo Shopping Indaiatuba, BOS - Banco de Ólhos de Sorocaba, ADVI – Associação de Deficientes Visuais de Indaiatuba, Angels Indaiá e Hospice Angels.



Mais informações poderão ser obtidas pelo telefone 3801-2047 ou no Facebook da organização  http://www.facebook.com/OngGABRIEL2012.

Veja as imagens de como foi evento no link abaixo:

https://plus.google.com/photos/+GABRIELONG/albums/5991788828447744881/5991788832267850322?authkey=CJ_Aw7er2p2iJw&pid=5991788832267850322&oid=101707808862263671050

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

ÚLTIMA CAMPANHA DE CADASTRAMENTO DE DOADORES DE MEDULA DO ANO 2013




No próximo sábado, 21 de dezembro de 2013, a Organização da Sociedade Civil GABRIEL em pareceria com o Hemocentro da UNICAMP e FIEC, estarão realizando a última campanha para cadastramento de doadores de medula DE 2013.
A campanha será para cadastrar até 300 novos doadores e acontecerá entre 9 e 12h do próximo sábado junto com a coleta mensal de sangue.
As pessoas que ainda não se cadastraram como doadores de medula óssea e que quiserem aproveitar a oportunidade, deverão se dirigir à FIEC na Avenida Engenheiro Fábio Roberto Barnabé, 3405, Jardim Regina, próximo à Prefeitura e deverão levar CPF e RG ou outro documento oficial com foto.
O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Hospital de Clínicas (HC) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) informa que registrou neste período uma queda de 40% nas doações e precisa de praticamente todos os tipos de sangue. De acordo com o diretor do serviço de coleta da unidade de saúde, Vagner de Castro, a situação é mais preocupante por conta do aumento da demanda no feriado prolongado.
"Vários fatores podem ter interferido, inclusive as condições climáticas. Precisamos reverter à situação com urgência”, alerta Castro. Embora ocorra baixa na utilização do sangue por não ter cirurgias agendadas, o consumo está voltado para os casos de urgências e emergências. "Não temos como cancelar uma transfusão para esses casos. Por isso, a importância de estar com o estoque regularizado para atender esse período de festas”, explica.
A presidente da organização GABRIEL, Maria Inês Toledo de Azevedo Carvalho também enfatiza a importância da campanha de medula óssea, que visa contribuir com a localização de possíveis doadores compatíveis para pacientes que esperam por um transplante. Ela lembra ainda que quem já se cadastrou poderá levar um amigo para se cadastrar fazendo aumentar essa corrente do bem.
A campanha tem também o objetivo de ajudar dois pacientes, sendo um de Indaiatuba, Edson Delgado Junior, 36 anos, pai de uma menina de 6 anos e para o pequeno Victor de 5 anos, morador de Salto. Ambos sofrem de leucemia, que é uma doença que afeta a produção de glóbulos brancos do sangue e considerada bastante agressiva.  Na maioria dos casos somente o transplante pode garantir a cura efetiva.
Quem pode doar:
Qualquer pessoa entre 18 e 55 anos com boa saúde poderá doar medula óssea. Esta é retirada do interior do osso da bacia, por meio de punções, sob anestesia, e se recompõe em apenas 15 dias;
- Os doadores devem levar CPF e RG, preencher um formulário com dados pessoais e será coletada uma amostra de sangue com 5 a 10 ml para o exame de histo-compatibilidade. Este teste determina as características genéticas que são necessárias para a compatibilidade entre o doador e o paciente. Não é preciso estar em jejum;
- Os dados pessoais e os resultados dos testes são armazenados no REDOME – Registro Nacional de Doadores de Medula, que realiza o cruzamento com dados dos pacientes que estão necessitando de um transplante e que encontram-se registrados em outro cadastro, chamado REREME – Registro de Receptores de Medula;
- Em caso de compatibilidade com um paciente, o doador é então chamado para exames complementares e a partir dos resultados positivos é feita a doação seguida pelo transplante.
Mais informações poderão ser obtidas no site www.gabriel.org.br ou www.facebook.com/OngGABRIEL2012
Cadastre-se como doador de medula e seja a diferença na vida de alguém neste Natal!

Cadastre-se no Banco Virtual de Doadores de Sangue

Projeto Sangue Cidadão


Este projeto é uma parceria do Rotary Club de Indaiatuba com a GABRIEL que tem por objetivo principal, criar um banco de dados virtual de doadores voluntários de sangue que, catalogados, estarão à disposição para eventuais chamados de pacientes venham necessitar de doação de sangue e hemoderivados.
Futuramente iremos criar também, instrumentos de fidelização de doadores de sangue através de ferramentas de comunicação apresentando outras formas, além da doação de sangue, como a doação de órgãos, cadastramento de doadores de medula, cordão umbilical, leite materno, etc.

Para participar, preencha o formulário na nossa página:
http://gabriel.org.br/sanguecidadao.html