quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

ÚLTIMA CAMPANHA DE CADASTRAMENTO DE DOADORES DE MEDULA DO ANO 2013




No próximo sábado, 21 de dezembro de 2013, a Organização da Sociedade Civil GABRIEL em pareceria com o Hemocentro da UNICAMP e FIEC, estarão realizando a última campanha para cadastramento de doadores de medula DE 2013.
A campanha será para cadastrar até 300 novos doadores e acontecerá entre 9 e 12h do próximo sábado junto com a coleta mensal de sangue.
As pessoas que ainda não se cadastraram como doadores de medula óssea e que quiserem aproveitar a oportunidade, deverão se dirigir à FIEC na Avenida Engenheiro Fábio Roberto Barnabé, 3405, Jardim Regina, próximo à Prefeitura e deverão levar CPF e RG ou outro documento oficial com foto.
O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Hospital de Clínicas (HC) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) informa que registrou neste período uma queda de 40% nas doações e precisa de praticamente todos os tipos de sangue. De acordo com o diretor do serviço de coleta da unidade de saúde, Vagner de Castro, a situação é mais preocupante por conta do aumento da demanda no feriado prolongado.
"Vários fatores podem ter interferido, inclusive as condições climáticas. Precisamos reverter à situação com urgência”, alerta Castro. Embora ocorra baixa na utilização do sangue por não ter cirurgias agendadas, o consumo está voltado para os casos de urgências e emergências. "Não temos como cancelar uma transfusão para esses casos. Por isso, a importância de estar com o estoque regularizado para atender esse período de festas”, explica.
A presidente da organização GABRIEL, Maria Inês Toledo de Azevedo Carvalho também enfatiza a importância da campanha de medula óssea, que visa contribuir com a localização de possíveis doadores compatíveis para pacientes que esperam por um transplante. Ela lembra ainda que quem já se cadastrou poderá levar um amigo para se cadastrar fazendo aumentar essa corrente do bem.
A campanha tem também o objetivo de ajudar dois pacientes, sendo um de Indaiatuba, Edson Delgado Junior, 36 anos, pai de uma menina de 6 anos e para o pequeno Victor de 5 anos, morador de Salto. Ambos sofrem de leucemia, que é uma doença que afeta a produção de glóbulos brancos do sangue e considerada bastante agressiva.  Na maioria dos casos somente o transplante pode garantir a cura efetiva.
Quem pode doar:
Qualquer pessoa entre 18 e 55 anos com boa saúde poderá doar medula óssea. Esta é retirada do interior do osso da bacia, por meio de punções, sob anestesia, e se recompõe em apenas 15 dias;
- Os doadores devem levar CPF e RG, preencher um formulário com dados pessoais e será coletada uma amostra de sangue com 5 a 10 ml para o exame de histo-compatibilidade. Este teste determina as características genéticas que são necessárias para a compatibilidade entre o doador e o paciente. Não é preciso estar em jejum;
- Os dados pessoais e os resultados dos testes são armazenados no REDOME – Registro Nacional de Doadores de Medula, que realiza o cruzamento com dados dos pacientes que estão necessitando de um transplante e que encontram-se registrados em outro cadastro, chamado REREME – Registro de Receptores de Medula;
- Em caso de compatibilidade com um paciente, o doador é então chamado para exames complementares e a partir dos resultados positivos é feita a doação seguida pelo transplante.
Mais informações poderão ser obtidas no site www.gabriel.org.br ou www.facebook.com/OngGABRIEL2012
Cadastre-se como doador de medula e seja a diferença na vida de alguém neste Natal!
Postar um comentário